Caro leitor, nesta edição iremos abordar o tema “Hérnia de Disco”, um problema sério que acomete uma parte da população, porém, com o avanço tecnológico e técnicas manuais apuradas, conseguimos melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Foto - Hernia de Disco (1)É importante ressaltar que a coluna vertebral é formada pelas vértebras, cujo interior possui um canal pelo qual passa a medula espinhal. A coluna se divide em três partes: cervical, torácica e lombar. Entre as vértebras estão os discos intervertebrais, estruturas constituídas por tecido cartilaginoso e elástico. A função do disco intervertebral é evitar o atrito entre as vértebras.

A hérnia ocorre quando o disco intervertebral se projeta para o canal medular, havendo, então, uma compressão da medula espinhal. Os locais mais frequentes de ocorrerem a lesão são na coluna cervical e lombar, áreas que estão mais expostas à carga. Os sintomas mais comuns são: parestesia (formigamento), dor irradiando para membros superiores ou inferiores.

Muitos pacientes assimilam hérnia de disco lombar com dor no Nervo Ciático. Esta relação acontece, pois o nervo emerge da medula espinhal no nível da coluna lombar.

Fatores de risco:

  • Sobrepeso e obesidade
  • Postura inadequada no trabalho
  • Esforço repetitivo
  • Vibrações
  • Acidentes
  • Levantar peso de forma inadequada

 

Diagnóstico

O diagnóstico é feito pelo médico, levando-se em conta sinais e sintomas apresentados pelo paciente, porém, a confirmação do diagnóstico se dá pela Tomografia Computadorizada ou Ressonância Magnética.

 

Tratamento

O tratamento é multidisciplinar, além do uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, sendo importante realizar sessões de fisioterapia. O objetivo do tratamento fisioterapêutico é aliviar a dor do paciente e fazer retornar as suas atividades o mais rápido possível. O repouso é fundamental para a melhora da dor, muitas vezes, fazendo-se necessária a prescrição de órteses (colar cervical, faixa lombar, coletes).

 

O fisioterapeuta usa no local da dor aparelhos como ultrassom, raio laser, TENS (aparelho que realiza analgesia), termoterapia (calor ou frio) e técnicas de manipulação vertebral. A manipulação vertebral tem a função de realinhar a coluna, aumentando o espaço intervertebral, aliviando, assim, a compressão medular.

 

Quando o tratamento conservador (medicação e fisioterapia) não resolve o problema, é indicada, então, a cirurgia. Vale lembrar que o melhor tratamento é a prevenção.

Régis Yasumura

Régis Leandro Yasumura é fisioterapeuta, formato pela UNITAU – SP (Universidade de Taubaté). CREFITO: 76334-F

Faça um comentário