Caro leitor, nesta edição vamos abordar um assunto que causa muito receio na população. Falaremos sobre o esporão de calcâneo:

O que é?

O calcâneo é o maior osso que forma o nosso pé. Devido a sua posição anatômica, é a estrutura que mais suporta o peso do corpo.

O esporão de calcâneo é caracterizado por uma protuberância ossea, podendo estar localizado na base do calcâneo ou na região posterior, próximo a inserção do tendão calcâneo.

Com o surgimento do esporão, associa-se, também, uma inflamação na fáscia plantar (fáscia é um tecido que recobre a musculatura da sola do pé).

Diagnóstico

Esporao2O diagnóstico é feito pelo colega ortopedista, que, baseado nos sinais e sintomas apresentados pelo paciente, bem como em exames de imagem (Raio-X), conclui o quadro clínico.

Sem dúvida, a maior queixa apresentada é a dor no calcâneo.

Causas

Diversas causas podem ser citadas, porém, as principais são:

  • Uso de calçados inadequados (salto muito altos, rasteirinhas);
  • Sobrepeso e obesidade;
  • Aalteração na pisada, devido a malformação do arco plantar (pé chato).

Tratamento fisioterapêutico:

Esporao1Após diagnóstico médico, o paciente é encaminhado para o Setor de Fisioterapia para tratamento, objetivando a melhora da dor e da inflamação, utilizando os seguintes recursos:

  • – crioterapia – tratamento com compressas de gelo no local da dor;
  • – ultrasson;
  • – alongamento e reeducação postural;
  • – uso de calcanheira (palmilha);
  • – TENS (eletroanalgesia).

É importante ressaltar que não é possível remover o esporão com fisioterapia. Para isso, quando necessário, indica-se a cirurgia.

Régis Yasumura

Régis Leandro Yasumura é fisioterapeuta, formato pela UNITAU – SP (Universidade de Taubaté). CREFITO: 76334-F

Faça um comentário