Que dormir é uma necessidade natural do nosso organismo todo mundo sabe, mas poucos sabem qual a real importância de se dormir bem e tentam se manter com poucas horas de sono.

Durante o sono ocorrem milhões de reações, como reparação dos órgãos vitais, elaboração de hormônios e de novas células, que irão se agregar aos tecidos dos nossos órgãos, a fim de renová-los, recuperá-los. Por isso é dito que o sono tem efeito reparador.
Mas que isso não sirva de desculpa para passar o dia todo dormindo, pois não é desse jeito que você obterá seus benefícios.

Muito se fala em dormir 8 horas por dia, mas isso é apenas uma média, não exatamente uma regra. O importante não é a quantidade de horas que você dorme, mas sim a qualidade do sono. Tem gente que dorme apenas 5 horas por dia e se sente bem, outras precisam de 9 horas, ou até mais. O importante é se sentir disposto depois de uma noite de sono, não importando a carga horária.

E porque dormimos à noite? Segundo a mitologia antiga, a noite é a mãe do sono. Esse conceito histórico é interessante, mas vamos voltar para o conceito fisiológico. Nosso corpo foi programado para dormir à noite, regulado pela exposição à luz. 

É durante o período noturno que nosso corpo libera melatonina, um hormônio que regula nosso relógio biológico, induzindo ao sono. Na produção de hormônios durante o sono encontra-se o GH, o famoso “hormônio do crescimento”, cuja função é manter o tônus muscular, evitar acúmulo de gordura e melhorar o desempenho físico de uma forma geral.

Começamos a envelhecer quando a produção desse hormônio começa a diminuir, por volta dos 30 anos. Dormindo mal a produção desse hormônio será prejudicada, e então o que vai acontecer? Isso mesmo! Você irá acelerar o processo de envelhecimento. Com o sono insatisfatório, as células não são repostas como deveriam, concluindo-se que as pessoas que não dormem bem envelhecem mais depressa.

Isso acontece principalmente com pessoas que trabalham à noite, privando-se do melhor período para dormir, alterando a liberação hormonal e experimentando sintomas como irritabilidade, fadiga, sonolência durante o dia, déficit de atenção, de memória, além de predisposição a problemas cardiovasculares, metabólicos e obesidade.
Ninguém precisa deixar de ter uma vida social com medo de perder algumas horas de sono. Não é necessário ficar apreensivo numa festa pensando na hora de ir embora dormir temendo que isso prejudique a sua saúde. Os prejuízos só acontecerão se a perda de sono for constante.

Para ter uma noite bem dormida e se beneficiar de sua ação rejuvenescedora é recomendado praticar exercícios físicos, ter uma boa alimentação, não levar para a cama preocupação do dia-a-dia, ter horários regulares para dormir, usar técnicas de relaxamento, entre outras dicas. Vale também aquela receita antiga de tomar leite morno antes de dormir, porque o leite possui triptofano, um neurotransmissor que está fortemente ligado ao relaxamento profundo.

E para quem tem dificuldade em dormir, a recomendação é procurar um médico, para avaliar o problema, pois o sono, assim como a alimentação, é importante para nossa mente e nosso corpo funcionarem corretamente.
Dormir bem melhora o humor, a memória, previne doenças e nos faz viver mais. E você? Está dormindo o suficiente? Cuide do seu sono para se sentir bem disposto. Afinal, as melhores coisas da vida nós fazemos acordados.

Nilo Silva

Nilo Silva como é conhecido atua como FITNESS COACH., é proprietário da UltraShop Nutrição Esportiva, também atua como palestrante, possui um canal no Youtube e também participa de um programa na TV Vale. Nilo graduado em Educação Física, além da sua graduação Nilo busca conhecimento técnico através de cursos na área de treinamento, dieta e suplementação.

Faça um comentário